segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Thanksgiving

Olá a todos,

Ontem foi feriado aqui no Canadá. Comemoramos o Thanksgiving.


Um pouquinho da história do Thansgiving tirada da Internet diz que "A história do Thanksgiving (Dia de Ação de Graças) começou em 1621 quando os peregrinos vindos da Inglaterra para a terra nova, hoje os Estados Unidos, celebraram o agradecimento pela colheita do ano na colônia de Plymouth. Na ocasião, cerca de 90 índios nativos, os Wampanoag, participaram da festa dos pilgrims (pelegrinos em inglês). Os novos americanos estavam comemorando a benelovência de Deus para com eles num período em que mais da metade dos pilgrims tinha morrido por causa do inverno causticamente por que passaram. Sem a ajuda dos índios, todos teriam morrido.Na primeira colheita, o governador William Bradford proclamou um dia de ação de graças e oração a Deus pela provisão dos alimentos. Na festa, um dos principais ingredientes era o peru, que ficou como marco da celebração do Thanksgiving. O cardápio do dia normalmente inclue peru, staffing (um milho de pão em cubinhos usado como recheio), abóbora, purê de batata, batata-doce, e torta de abóbora. Estas comidas simples recordam as virtudes rústicas dos Peregrinos"

Hoje as pessoas aproveitam este dia para agradecer a Deus, normalmente com a família e amigos.

Fomos à igreja e o culto foi maravilhoso. (Apesar de entender a mensagem por resumo, ainda eheheehe). Ceiamos a ceia do Senhor juntos e depois disso, o pastor deu a oportnunidade dos irmãos se levantarem e dizerem: Thanks for.... Foi lindo ver irmàos jovens e anciãos agradecendo a Deus pela salvação, por ter resgatado do mundo, pela família e tantos outros. Foi abençoador estar em comunhão com a igreja. Isso muito nos conforta e alegra, pois apesar de longe dos nossos, sabemos que em qualquer lugar do mundo existe um povo que se chama e proclama o nome de Jesus e, que, apesar de nossas diferenças culturas e de lingua, o nome de Jesus nos une. Glória a Deus.

Além deste momento tão bom, também estivemos no sábado num jantar com famílias canadenses. Muito bom. Pessoas super legais. Deram muita atenção a nós. Tinha até um casal que vai conhecer o Brasil e pudemos trocar palavras em português. Foi jóia.

Então,, por hoje é isso. Só pra constar (já ia esquecendo)o termômetro começa a marcar temperaturas negativas. hoje amanheceu com -4. So que neve, até agora nada ainda.

Abraços e até a próxima.

Gisa

5 comentários:

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

O que eu não entendo é porque o Thanksgiving canadense e o americano são em datas diferentes.

E a vida segue...

Sylvia Jansen disse...

Olá, Gisa.

Parabéns pelo blog. Eu estava fazendo algumas pesquisas na internet sobre o Canadá e vi seu blog ontem à noite. Que Deus realmete abençoe essa nova jornada!
Gostaria de me comunicar com você por e-mail (se não se importar), e trocar algumas idéias com vc. Meu nome é Sylvia, moro em Goiânia, e o meu sonho de ir pro Canadá já é um pouco antigo, mas está entregue nas mãos de Deus.
Se vc puder me escrever, e trocarmos informações, eu ficaria muito agradecida.
Beijos enormes,
Sylvia Jansen
sjansen@pop.com.br

alessandra.alves disse...

Olá!
Acompanho o blog de vocês há algum tempo (viva o Ultranol!!) e torço bastante pelo sucesso de vocês. Estamos também nessa jornada - meu marido já está em terras geladas, mas eu irei em breve me juntar a ele. Não vejo a hora!!

Aproveitando o seu post, eu havia estudado sobre esse tema, quando meu marido avisou que seria feriado na segunda-feira. Na verdade, a história do Thanksgiving canadense é um pouco diferente da americana (http://www.twilightbridge.com/hobbies/festivals/thanksgiving/canada/), pois celebra uma colheita boa.

Parabéns pelo blog! Eu pretendo montar um também, mas ando bem sem tempo com tantos preparativos para a minha mudança! Em breve eu divulgo! :)

Abraços,
Alessandra

Debora disse...

Oi, foi muito legal mesmo

Marcio Barros disse...

Tem gente ralando para se adaptar, especialmente para se integrar na sociedade...hauhauahuaha...por quê será que isso não acontece com relação aos crentes? hehehe

Pobre daquele que não conhece a Deus e não entende o Seu caminho. Pode até vir com um bom inglês que não conseguirá se integrar na sociedade. Integração não é emprego, é VIDA!!!

Praise the Lord!